Entre os dias 15 e 19 de maio, líderes da Moore Stephens do Brasil, e do mundo inteiro, participam de um programa de treinamento na escola de negócios mais famosa do mundo: a Harvard Business School (também conhecida como HBS).

Totalmente customizado para a Moore Stephens sob o tema liderança executiva de alta performance, o programa envolve uma semana de trabalho intensivo em equipe (formada por sócios e diretores potenciais), para estudos de caso aprofundados e seminários com grandes acadêmicos do Campus Harvard de Boston. O objetivo é aprimorar a nova geração de líderes que está sendo formada pela Moore Stephens, dentro de um mesmo espírito de liderança, que integre o DNA do jeito de ser Moore Stephens com práticas de gestão vitoriosas do universo business. Conhecimento que será disseminado a todas as escalas de liderança dos escritórios da rede.

Representando o Brasil, participam do programa 5 líderes-chave: Ruy Gomes da Silva Filho e Marcus Lindgren, de Belo Horizonte; Moacir Lucindo, de Joinville; Rafael da Costa Pizzato, de Porto Alegre; e Lygia C. S. Carvalho, de Ribeirão Preto.

Ruy lidera o conselho executivo da Moore Stephens no Brasil. Marcus é mentor do planejamento estratégico de negócios da rede brasileira. Moacir e Rafael integram o comitê técnico de auditoria, atuando fortemente na aplicação da metodologia pelos escritórios brasileiros. Lygia é líder do comitê tributário da Moore Stephens na América Latina.

Conectividade global

Além de passar uma semana dentro do Campus Harvard de Boston estudando e aprofundando o tema liderança, a equipe brasileira de líderes-chave realizará visitas técnicas, nas semanas anterior e posterior ao treinamento, a importantes escritórios da rede Moore Stephens nos Estados Unidos.

Em Nova York, Moacir e Rafael, têm reunião marcada com sócios de auditoria das firmas-membro Grassi & CO e CitrinCooperman, para reuniões estratégicas de assuntos do setor. Na Califórnia, Ruy e Marcus têm encontro com sócios da firma-membro Armanino LLP, para reuniões focadas nas áreas de consultoria e outsourcing, com forte concentração nas tecnologias que suportam os produtos dessas áreas.

Educação Executiva da Harvard Business School

O programa de treinamento desenvolvido pela HBS de maneira exclusiva para a Moore Stephens integra o sistema de educação executiva da Harvard Business School, área responsável por cursos de curta duração sobre liderança, estratégia, finanças, empreendedorismo e inovação, voltados para altos executivos. As aulas podem ser dadas no Campus de Boston, Shangai, Mumbai ou em outros lugares do mundo. No caso da Moore Stephens, as aulas serão no Campus de Boston.

Além dos cursos de educação executiva, a HBS é altamente reconhecida por seus programas de MBA e doutorado na área de negócios. Líder absoluta dos principais rankings de MBA, como o da revista Financial Times, a escola é concorridíssima em seus processos seletivos.

Método de estudos de caso

Além de destaque na área de pesquisa em negócios e do ambiente favorável a networking, merece atenção a metodologia utilizada na HBS, baseada principalmente em estudos de caso.

Para a escola de negócios, esse método não é apenas o meio mais prático e relevante para desenvolver habilidades de gestão. É também uma prática muito prazerosa.

Estamos vivenciando este treinamento já há algumas semanas, porque recebemos, antecipadamente, da HBS, uma série de casos para leitura e reflexão prévia das situações que estudaremos em sala de aula. A rigidez do método é perceptível. Além de proporcionar uma leitura rica de situações muito parecidas com as que enfrentamos diariamente como líderes de negócios, esses estudos prévios têm alargado muito nosso campo de visão. A ideia é chegarmos em sala de aula com uma bagagem bastante aprofundada, para alcançarmos um nível máximo de senso profissional de gestão.

Explica Lygia, integrante da equipe brasileira que fará o curso.